No nono dia (02/01/2014) da nossa viagem de carro pelo Centro-Oeste brasileiro, finalmente, conhecemos a capital federal do Brasil, Brasília. Tivemos somente um dia para explorá-la, por isso, planejamos bem nosso dia afim de aproveitar ao máximo.

Com base em nossa experiência criamos essa lista com 10 lugares para conhecer e ver, em um dia em Brasília:

 

1. Congresso Nacional

O Congresso Nacional abriga a Câmara dos Deputados e o Senado Federal, ou seja, as funções do poder legislativo. É lá que os políticos, Deputados e Senadores, fiscalizam o poder executivo (o Presidente) e discutem, elaboram e aprovam leis. A visita é gratuita e guiada, passando pelos plenários das duas casas (Senado e Câmara) e lógico, pelas instalações internas do Congresso. Essa visita é indispensável para quem gosta de história/política.

Horário de visitação
– Das 8h30 às 17h30, com a saída do primeiro grupo às 9h.
– Segundas e sextas-feiras basta se apresentar aos balcões de atendimento do Programa Visite o Congresso e aguardar o horário da próxima visita.
– Terças, quartas e quintas-feiras, o roteiro completo da visita só pode ser feito por grupos previamente agendados, porém há um roteiro limitado para visitantes sem agendamento.
– Nos finais de semana e feriados não é necessário agendar. Os grupos são atendidos conforme a ordem de chegada.

 

2. Praça dos Três Poderes

É um espaço aberto entre os edifícios que representam os três poderes da República: o Palácio do Planalto (Executivo), o Supremo Tribunal Federal (Judiciário) e o Congresso Nacional (Legislativo). Foi projetada para que um edifício não se sobrepusesse o outro, mantendo a ideia que os poderes são independentes, harmônicos e têm a mesma importância. Nesse espaço há algumas esculturas, como: Os Guerreiros (ou Os Dois Candangos), Marco Brasília, A Justiça, Pira da Pátria, Mastro da Bandeira – maior bandeira permanentemente hasteada do mundo, entre outras.

 

3. Panteão da Pátria

Panteão tem origem romana e é o nome dado a templo dedicado aos Deuses. No caso, o Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves homenageia os chamados “heróis brasileiros” que lutaram pelo fim da Ditadura Militar e, consequentemente, pela volta da democracia. A construção tem o formato de uma pomba, por ser o símbolo da Paz. É mais um exemplar de Oscar Niemeyer. No interior fica o Mural da Liberdade – de Athos Bulcão, o Painel da Inconfidência Mineira – de João Câmara e um vitral – de Marianne Peretti.

 

4. Esplanada dos Ministérios

Fica no Eixo Monumental, a grande avenida que corta o Plano Piloto da capital, entre o Congresso Nacional e a Catedral de Brasília. São 17 prédios de construção uniforme, que abrigam os Ministérios do Poder Executivo. Eles ficam em lados opostos e são separados por um grande gramado, onde acontecem shows e eventos, geralmente abertos à população.

 

5. Catedral de Brasília

Foi o primeiro monumento a ser criado em Brasília e também foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, com ajuda do engenheiro Joaquim Cardoso. A Catedral Metropolitana de Nossa Senhora Aparecida, nome oficial da Catedral, tem formato circular com 70 metros de diâmetro e a nave central é subterrânea e recebe luz natural por meio do vitral com tons de azul, marrom, verde e branco, projetado por Marianne Peretti em 1990. No teto estão pendurados esculturas de anjos, o que dá a sensação deles estarem voando.

Horário de funcionamento
– Segunda-feira: das 8h às 16h30.
– Terça e sexta-feira das 10h30 às 18h (limpeza na Nave central).
– Quarta, quinta, sábado e domingo: das 8h às 18h.