Nadar com golfinhos em Santa Marta, na Colômbia

Se você vai visitar Santa Marta, não pode perder a oportunidade de conhecer o Acuario Rodadero. O espaço abriga mais de 100 espécies marinhas, possui um museu marítimo, você pode tirar fotos com focas e ainda é possível nadar com golfinhos que dão um show!

 

Onde nadar com golfinhos em Santa Marta?

No Acuario Rodadero, que fica entre as praias El Rodadero e Blanca – no mar do caribe, em Santa Marta, Colômbia.

 

Acuario Rodadero

Confesso que o Acuario Rodadero me surpreendeu, em não ser um passeio muito divulgado. Ele foi fundado em 1966, e é o primeiro da América Latina a abrigar espécies maiores como focas, tubarões e golfinhos. Conta com 15 aquários, 13 piscinas naturais – com conexão com o mar do caribe – e mais de 100 espécies, além do Museu do Mar e da Cultura Tayrona, que parece ser interessante, mas infelizmente já estava fechado quando chegamos lá.

A recepção é feita em grupo e acompanhada por um guia, que fala espanhol. Ele explica sobre as espécies que vivem ali e mostra as repartições do aquário. Em dado momento, sem entender direito o que ele estava falando, nos afastamos e fomos dar uma olhada nos aquários menores.

Também vimos a foca, ela é linda! Mas infelizmente não sabíamos que era possível tirar fotos com ela.

Logo começou um show de acrobacias dos golfinhos. Nos encantamos, eles fazem várias manobras e há participação de todo o público. Parece filme.

Após o show fui nadar um pouco com eles.

 

Reserve um hotel por aqui e ajude o blog a se manter, sem pagar nada a mais por isso.banner-booking

 

Nadar com golfinhos

Por ser um sonho antigo, estava muito ansiosa para entrar na água logo para abraçar e beijar o golfinho. E, ao chegar até a piscina fiquei mais feliz ainda, pois em vez de um, tinham dois golfinhos me esperando, duas lindas fêmeas: a Shakira e a Valentina.

Mas antes de entrar na água a monitora me deu algumas orientações. A primeira delas seria colocar o colete salva vidas, devido a piscina ser um pouco funda, tirar todos os acessórios para não machucar os animais e jamais colocar o dedo sobre o espiráculo do golfinho (orifício no alto da cabeça), pois é através dele que o animal respira. Explicou também que o programa teria 15 minutos, e que os golfinhos com seus respectivos monitores seriam revesados, ou seja, eu e mais uma pessoa entraríamos juntas na piscina e cada uma teria direito a ficar uns 7 minutos com cada golfinho.

Ao entrar na água a monitora me “apresentou” a Shakira, que não foi tão receptiva no primeiro instante, aliás, assim como os seres humanos tem “dias ruins” e as vezes não se simpatizam com outras pessoas, os animais não são diferentes. Mas devido a experiência da profissional em guiá-los e fazê-los interagir, logo o animal começou a responder seus comandos. Mesmo com a agilidade dos seus movimentos, o Lucas conseguiu fazer ótimas fotos.

Lá pelos 7 minutos trocamos de golfinho e monitora. Mas desta vez nem precisou “quebrar o gelo”, pois a Valentina já veio cheia de amor pra dar, dando beijo, abraço e fazendo um monte de gracinhas. Além de ela ser mais simpática, eu também já não estava ansiosa e nem preocupada em fazer pose para a foto, por isso, me dediquei totalmente na interação com o animal, o que tornou a experiência ainda mais incrível.

 

Playa Blanca

Por volta das 16 horas pegamos a lancha que nos levou ao aquário e fomos à Praya Blanca. Também é possível chegar a essa praia por uma trilha de 15 minutos, que se inicia atrás do Aquário Rodadero.

O que tem lá?
Bom, nada de mais! Inclusive, de “blanca” só tem o nome. A areia é escura e lotada de gente e de barracas, o mar é limpo, mas nada de exuberante. A faixa de areia é bem grande e tem muitos quiosques vendendo bebidas e comidas. Mesmo estando no auge do verão, a temperatura da água do mar é gelada, mas como eu já estava molhada mesmo aproveitei para dar um mergulho. Lá é legal só para dar uma passadinha depois do Aquário. Agora, se você quiser uma praia top para relaxar e ficar de boa vá ao Parque Tayrona!

 

Como chegar?

Em Santa Marta, pegue um ônibus de linha para El Rodadero (COP 1.500, ±R$ 1,70) e vá até o último ponto, próximo da praia. Ou pegue um taxi até a praia El Rodadero.

Nela têm várias lanchas para o Acuario Rodadero e Playa Blanca, que fica atrás do aquário. Provavelmente, ao pisar na areia você será abordado por algum vendedor do passeio. Fomos com o “TaxiMarino“, um barco grande e amarelo. Pagamos 10 mil pesos colombianos (±R$ 12) por pessoa ida e volta + barco do Aquário à Playa Blanca. O controle é feito com pulseirinhas, assim você fica livre para ir e vir quando quiser.

Para voltar à Praia El Rodadero é só aguardar no ponto da Playa Blanca ou no Aquário, são vários barcos que vão e vem o dia todo. Chegando à praia siga para a Carrera 4 (uma grande avenida paralela com a orla), lá passa ônibus para o Centro, Taganga e outras partes de Santa Marta. E você também tem a opção de pegar um taxi.

 

Reserve um hotel por aqui e ajude o blog a se manter, sem pagar nada a mais por isso.banner-booking

 

Quanto custa?

Pagamos COP 26.000 (±R$ 30) por pessoa, para ingressar ao Acuario Rodadero e mais COP 150.000 (±R$ 195) por pessoa, para nadar com os golfinhos. Como era um preço salgado e o Lucas não fazia questão, só eu nadei e ele ficou tirando fotos.

 

Dicas

  • Tente chegar cedo ao aquário, são apenas três horários de show dos golfinhos e de nado, os ingressos para nadar com eles são limitados;
  • O melhor lugar para fotografar o nado com os golfinhos é sentado no degrau de acesso ao tanque;
  • Coloque a câmera no modo de disparo contínuo, pois o movimento dos golfinhos é muito rápido e o tempo é curto;
  • Não se esqueça de liberar espaço no cartão de memória;
  • Se tiver, leve sua GoPro;
  • Se você for sozinho e não tiver ninguém para te fotografar, o aquário oferece serviço de fotografia por 50 mil pesos colombianos (±R$ 60);
  • Aproveite ao máximo!

 

Lua-de-mel: Mochilão É Tetra!
Esse post faz parte da viagem “Lua de mel: Mochilão É Tetra!“, onde passamos pela Bolívia, Peru, Equador e Colômbia.

Natalia Zanon

Adoro descobertas, conhecer pessoas e culturas diferentes e estar em contato com a natureza. Nasci em São Paulo-SP em 1991 e cresci em Santa Bárbara d'Oeste-SP. Me formei em Publicidade e Propaganda e trabalho no segmento tecnológico. Gosto de compartilhar minhas aventuras aqui no blog, a fim de incentivar as pessoas a explorarem o mundo e desafiarem a si mesmas.

VEJA TAMBÉM

3 comentários

  1. Joaquim disse:

    Irei com minha esposa no final de outubro para Cartagena e depois San Andres, mas ela gostaria de fazer esse passeio nos golfinhos, em Santa Marta. Daria para ir de Cartagena, fazer esse passeio e retornar no mesmo dia? Obg

  2. Flávio Ribeiro disse:

    Obrigado pelas dicas super úteis !

Comente

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.