Trilhas

Trilha Queenstown Hill: Paisagem fascinante na Nova Zelândia

Estar em Queenstown na Nova Zelândia, é uma verdadeira dádiva! Além de ser a capital mundial dos esportes radicais, também é considerada uma das cidades mais lindas do mundo. Então enquanto estiver por lá, aproveite para contemplar e fotografa-la de vários ângulos, principalmente de cima.

Inclusive é para isso que muitos fazem a Trilha Queenstown Hill, uma caminhada que te leva a 500 metros acima da cidade, proporcionando uma vista panorâmica de Queenstown e do Lake Wakatipu. Leia mais sobre a trilha:

 

Subindo a Trilha Queenstown Hill

Queenstown Hill além de ser o nome da trilha é o nome da montanha de 907 metros qual vamos subir. A colina fica na cidade de Queenstown mesmo, atrás da parte central.

O início da trilha fica na Belfast Street, se estiver hospedado na parte central da cidade pode ir andando até lá. A entrada é gratuita e o percurso leva em média 2h30 ida e volta.

A subida até o topo é bem íngreme, mas é compensador pois todo o caminho é entre lindos pinheiros e a cada quilômetro acima, você tem uma vista ainda mais incrível da cidade, Lake Wakatipu e das montanhas. Se tiver a sorte que eu tive e o dia estiver ensolarado verá paisagens assim:

Ao final da caminhada está o grande marco do passeio: a Basket of Dreams (Cesta dos Sonhos), onde as pessoas fazem pedidos. Eu nem lembrei de pedir coisa alguma, só aproveitei o momento para contemplar e agradecer.

Ao chegar nesse ponto há duas opções, a mais rápida é voltar pelo mesmo caminho e a mais longa é voltar contornando pelo outro lado da montanha. Eu escolhi a primeira opção, já que tinha que voltar logo para a cidade para fazer o passeio de Gôndola.

 

Quem escreve?

Prazer, pode me chamar de Naty! Sou marketeira por profissão e blogueira nas horas vagas. Moro em SP, mas já morei na Nova Zelândia e confesso que tenho uma “quedinha” pela ideia de morar fora novamente. Adoro bichos e pessoas também, inclusive as mais incompreensíveis rs! E acredito que assim como a leitura, música, e todas as formas de arte, conhecer diferentes culturas amplia nosso conhecimento sobre o outro e sobre nós mesmos.
Leia também
Nova Zelândia

Queenstown: O que fazer em 3 dias na cidade gastando pouco

Nova Zelândia

Arrowtown: A antiga cidade do ouro da Nova Zelândia

Rotorua

Trilha na Redwoods Forest em Rotorua na Nova Zelândia

Boituva

Se jogue no salto de paraquedas em Boituva-SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *