Parques Nacionais

Vale da Lua na Chapada dos Veadeiros

O Vale da Lua é uma parte rochosa do rio São Miguel, que com o tempo foi sofrendo erosão e se transformou em um ambiente muito similar ao da lua. É um dos lugares mais peculiares e mais visitados da Chapada dos Veadeiros, embora ele esteja fora da Chapada e fique na Serra da Boa Vista. É tão próximo da Chapada que quem vai para São Jorge acaba indo ao Vale, que fica a 20 minutos da vila.

 

Como é o Vale da Lua

Conhecemos o Vale da Lua no décimo dia da viagem de carro pelo Centro-Oeste brasileiro.

A estrutura do local conta com estacionamento e restaurante com comida caseira. Em dias de movimento é recomendado chegar cedo para garantir lugar, pois a entrada é limitada.

Depois de estacionar, pagar as entradas (R$20 por pessoa) e assinar o termo de responsabilidade, seguimos a trilha com cerca de 900 metros até a atração. A trilha é fácil, bem marcada e plana, sem segredo.

Logo ao chegar já temos a visão do porque o Vale da Lua ter esse nome. As formas e as cores das pedras lembram muito a visão que temos de como seria o solo do nosso satélite natural. As águas do rio São Miguel – da bacia do rio Tocantins – esculpiram ao longo dos anos as rochas do local, formando crateras e pequenos cânions ao longo do curso d’água.

Existem algumas piscinas, mas o banho só é recomendado na última, pois depois dela não há mais tantas pedras no rio.

A beleza do Vale da Lua não está só nas formas peculiares das rochas no solo, a paisagem ao seu redor também merece contemplação. O vale em meio a Serra da Boa Vista é composto por paredões mistos, de pedra e vegetação, e por uma mata do cerrado, que forma um corredor verde.

Na época das chuvas, de outubro a maio, é preciso tomar muito cuidado com as trombas d’água. Além disso, em qualquer época do ano, não se deve chegar perto do leito do rio em meio as pedras, pois os buracos são fundos, a correnteza é muito forte e existem tuneis subterrâneos de água. Muitos acidentes acontecem ali, portanto todo cuidado é pouco.

Em um período é possível curtir tudo que o Vale da Lua oferece: ver a paisagem das rochas do curso do rio São Miguel, nadar na piscina natural e contemplar a paisagem do vale.

 

Reserve sua hospedagem na Chapada dos Veadeiros

 

Como chegar ao Vale da Lua

Saindo de Brasília-DF, siga pela BR-010 até Alto Paraíso de Goiás; depois pegue a GO-239, sentido vila São Jorge. No quilômetro 29 saia da rodovia e pegue o acesso ao Vale da Lua – 4km de terra. De Brasília ao Vale são cerca de 260km, percorridos em aproximadamente 3h.

Para quem está na vila São Jorge/Chapada dos Veadeiros, basta seguir pela GO-239, sentido Alto Paraíso de Goiás, até o quilômetro 29 e entrar no acesso ao Vale da Lua. São cerca de 10km, percorridos em aproximadamente 20 minutos.

Quem escreve?

Sou um típico bicho do mato! À primeira vista pareço um cara estranho, falo pouco, observo muito e quase nunca me enquadro socialmente. Adoro mapas, história e fotografia, inclusive, se eu não fosse programador poderia ser um ótimo arqueólogo. Mas tem alguns mundos onde me encaixo: em um mergulho no mar, no silêncio das montanhas, assistindo à queda de uma cachoeira e até mesmo, dentro de um bom museu.
Leia também
Chapada dos Veadeiros

Travessia das Sete Quedas na Chapada dos Veadeiros

Distrito Federal

10 lugares para conhecer e ver em um dia em Brasília

América do Sul

Parque das Águas Quentes de Barra do Garças

Pantanal

O ínicio do fim: do Pantanal a Brasília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Worth reading...
Travessia das Sete Quedas na Chapada dos Veadeiros